Friday, October 31, 2008

O Amor


O amor, esse ser invencível, doce e sublime que desata os membros, de novo me socorre. Ele agita meu espírito como a avalanche sacode monte abaixo as encostas. Lutar contra o amor é impossível, pois como uma criança faz ao ver sua mãe, vôo para ele. Minha alma está dividida: algo a detém aqui, mas algo diz a ela para no amor viver... (Sapho)

2 comments:

Micheline matos said...

ue texto lindo amiga, eu sou completamente assim, costumo dizer que voo onde o amor me leva.beijos, não vejo a hora de tomarmos um chá com muito papo!Mi

Cláudia Mello said...

Oi, Mi!!!!
Vc é sagitário, não é?
Signos de fogo são assim mesmo... Somos apaixonadas por natureza ;-)
beijão

PS: as férias vêm aí! :-)))))