Thursday, October 09, 2008

Já dizia Raul Seixas...

Este negócio de marido viajando é uma tristeza... A gente faz coisas que até Deus duvida, como assistir novelão da Globo. Então, estava eu lá, fazendo meus artesanatos e aguentando a sucessão de besteiras. A única coisa legal é quando aparece o Augusto César e seu sítio paz e amor, o coroa charmosão Zé Mayer tá ótimo. O resto é uma dobradinha constante de gente muito muito ruim e gente muito muito otária.

Daí eu me pergunto: por que os bons sempre aparecem como bobos e otários? Será que é isso que andam transmitindo pra nós, nas entrelinhas da cultura ocidental? Sim, porque existe uma distância enorme entre alguém ser bom, ético, correto, honesto e ser bobão, idiota, lesado... Mas nos dias de hoje esses conceitos parecem se misturar.

Bem, daí no capítulo de ontem fiquei analisando a incompetência dos bonzinhos. Cheguei a conclusão que os bonzinhos erram mais feio mesmo é na hora em que resolvem ser maus... A razão é simples: pura falta de experiência!

Por exemplo, se a gente não levar em conta que o autor da novela tem que enrolar o público durante mais tempo, anteontem a Flora já teria ido pra trás das grades! Era só a Donatella entregar o DVD para o Zé Bob (nem precisava ir até a polícia!) e pronto! Mas não... foi querer dar uma de malvada... humilhar a Flora na frente da família toda... fazer showzinho de vingança particular... quebrou a cara!!!! rs Tá vendo o que faz a falta de experiência e talento pra coisa? A Flora sossegou o facho na cadeia durante não sei quantos anos a espera da vingança. No entanto, a bobalhona boazinha não consegue esperar umas poucas horas ou dias para se vingar. Ô amadorismo!!!!!!!

Como diz a minha amiga Daniela, essa novela faz um mal danado! rs

Mas aí eu pensei que o que anda acontecendo hoje em dia é que perdemos mesmo a noção de certo e errado das coisas. Não, eu não sou do tipo radical... xiita... que quer mandar todo mundo que faz besteiras para o inferno. Pra ser sincera, nem acredito nele tal como falam por aí. Mas - vamos combinar? - o povo anda passando dos limites! É um tal de jogar criança pela janela, estuprar, torturar, matar sem razão alguma (e existe alguma razão que justifique?) Isso sem falar nos crimes de "colarinho branco".

Creio que daqui pra frente a coisa deve ferver ainda mais. E ao invés de equilibrarmos dentro de nós a luz e a sombra, com muita sabedoria, parece que está um caos generalizado. Eu gostaria muito que o ser humano tomasse jeito antes que a Mãe Natureza "dê um jeito em nós!"

Enfim... Quem viver, verá! Se a fumaça permitir...rs

Isso tudo me lembra minha bruxa mestra Dóris e sua música preferida do Raulzito:

Trem das 7

Oi, ói o trem
Vem surgindo detrás das montanhas azuis, olhe o trem
Ói, já evem
Vem trazendo de longe as cinzas do velho Aeon
Ói, já evem
Fumegando, apitando, chamando os que sabem do trem
Ói, ói o trem
Não precisa passagem nem mesmo bagagem no trem
Quem vai chorar?
Quem vai sorrir?
Quem vai ficar?
Quem vai partir?
Pois o trem está chegando
Tá chegando na estação
É o trem das 7 horas
É o último do sertão
Ói, ói o céu
Já não é o mesmo céu que você conheceu,
não é mais...
Vê, ói que céu
É um céu carregado, rajado e suspenso no ar
Vê, é o sinal das trombetas, dos anjos e dos guardiões
Ói, lá vem Deus Deslizando no céu entre brumas e mil megatons
Ói, ói o mal Vem de braços e abraços com o bem Num romance astral...

2 comments:

Flora Maria said...

Adorei o Anjinho feliz e o Diabinho charmosíssimo na cor vermelha e com aderêços lindinhos !

Não estou gostando nada dessa estória da Flora malvada ! Usando meu nome bonzinho e com aquela atriz maravilhosa-pessoa que é a Patrícia Pilar. Vê se pode ???

Viva o Raulzito !

Beijo
Flora Maria

Cláudia Mello said...

Oi, mãe!:-)

Não são lindos os dois???
Amei!

Pois é... eu nunca gostei de novela, mas tem umas que conseguem ser ainda piores. Essa é um lixo! :-P

Viva o Raulzito!!! Yeah!

beijão