Sunday, February 15, 2009

O que trago aqui, comigo... que nem sei...


O que trago aqui comigo que nem eu sei?
Passeio meus olhos por tudo e todos
E continuo profundamente só
O que trago dentro de mim, que nem imagino?
São sonhos, são existências outras ainda presentes.

O que existe em meu olhar que parece tão desconhecido?
"Olhar de abismo", já me disseram...
Olhar curioso, buscador e inquieto...
Olhar que traz a ânsia da renovação abraçada com o silêncio da antiguidade.
O que há em mim que nem eu sei?

4 comments:

HAZEL said...

Olhar de quem vê mais para além...

Flora Maria said...

Continuo gostando do olhar maroto, marca registrada da Cláudia, desde pequenina...

Comentário para o Bicho Fofo:

Lindo o novo colar Quaresmeira !
Fiz uma postagem sobre elas invadindo o Vale dos Pinheiros com sua cor maravilhosa. Está no pousodolourenco.
E a sua Quaresmeira, como está ? tive a impressão que deu menos flores do que o ano passado. É isso mesmo ?
Beijo
Flora Maria

Cláudia Mello said...

Oie!!!

Hazel, às vezes ver mais além não é exatamente uma coisa divertida...rs Mas nada acontece nesta vida por acaso.

beijão

Cláudia Mello said...

Oi, mãe!

Pois é... Acho que é esse olhar que engana a idade...rs

A Quaresmeira daqui tá lotada de flor! Aliás, como está tudo adiantado, a Quaresmeira já tinha flor no final do ano passado e agora a flor de maio está com um botão. Tem que dar de presente um calendário para as plantas...rsrsrs

beijão