Sunday, May 16, 2010

Misericoooórdia! rs

Esta foto foi tirada em torno das 18h de hoje...

Vocês sabem o que isso quer dizer?

Não????

Então, provavelmente, caros leitores, vocês são uns felizardos, que moram em algum local quentinho e aconchegante. Vocês conseguem passar os meses de maio até agosto só com um elegante blazer para se proteger do frio, ou quem sabe uma echarpe combinando com o top ou ainda um tradicional cardigan por cima do vestidinho (tem coisa mais fofa do que cardigan + vestidinho?)

Pois então...

Eu sei que a inveja é uma coisa muito feia, mas não consigo controlá-la neste período do ano. Fico pensando nos beduínos do deserto, fico imaginando os nordestinos da caatinga, tento imaginar a sensação de viver com o bumbum sentado em cima da linha do Equador. Ai, coisa boa! Lembro da minha tia e das minhas primas, que há muitos anos foram morar em Aracaju e que dizem que lá a única diferença entre inverno e verão é que no inverno chove. Ai, ai... Coisa feia esse negócio de sentir inveja... E quando o marido conta que lá em Manaus, segundo reza a lenda-amazônica da família dele, só existem duas estações no ano: o verão e o "inferno"? Ui! Chego a sentir o calorzinho aqui!

Na verdade, nem preciso invejar outras pessoas, posso invejar a mim mesma, na época em que morava no Rio. Ah... Bons tempos! Aquele ônibus lotado, o povo se apertando e suando... A gente rezando para que chegasse logo o ponto... Depois andando debaixo do sol quente, implorando por um ventinho, uma brisa leve que fosse! E quando o ar condicionado dava defeito? (eu quero isso! eu quero issoooo! rs) Ou então aqueles dias em que eu ia entrevistar alguém e ficava horas esperando, olhando o relógio e sonhando com o trajeto casa-chuveiro-ar condicionado-sorvete.
O ser humano é assim, meio abestalhado mesmo, não sabe o que é felicidade até perdê-la.

Enquanto isso fico eu aqui, parecendo um urso, com um agasalho em cima do outro, contando os dias para o meu aniversário, já que uma das coisas mais lindas e poéticas do dia em que eu nasci - 29 de julho - é que ele anuncia o retorno do Deus-Sol, o calor. Yes!

Ah, sim... vocês estão se perguntando o que isso tudo tem a ver com a paisagem maravilhosa e avermelhada que vi da varanda do meu quarto? Simples! Quem mora em terra fria sabe: céu vermelho no final do dia anuncia noite fria... às vezes até com geada! Misericoooórdia, Senhor! rs

4 comments:

Flora Maria said...

Pois eu, tiritando de frio, entupida de agasalhos até as orelhas -literalmente -, dormindo abraçada com marido e saco-de-água-quente, CONTINUO GOSTADO DO FRIO !!!

Tem doido prá tudo...

Mas que o céu ficou lindo, ficou...

Beijo

rosana sperotto said...

Assino a declaração da Flora, mantendo a caixa alta(rsrs). Amo o inverno, e me arrepio (rs) só de projetar as cenas de calor do norte e nordeste. Agradeço sempre ter nascido no sul, apesar de que o nosso verão está cada vez mais "punk". Cacau, és uma leonina do mesmo dia de minha mãe, que legal! Uma ótima semana, querida! Beijos

Cacau Gonçalves said...

Oi, mãe!
Oi, Rosana!

tudo bem que eu cometi alguns exageros só para fazer gracinha...rs Mas a verdade é que nem é questão de gosto, é questão de resistência! Eu não tenho a menor resistência física para o frio. Eu sinto dor, fico triste, sofro muuuuuito! Dá uma vontade de sumir, uma angústia... Não que eu goste de calorão, não é agradável sentir um calor de 40 graus, mas o meu corpo resiste melhor aos 40 graus do que aos 5 graus.

beijos ensolarados

Celeste said...

É isso mesmo, estou contigo! Aguento muito bem o calor... ás vezes queixo-me como as outras pessoas mas é só falar por falar. na verdade gosto! Calor é vida, é vibração.

No Loooongoooo bloco Outono/Inverno/Primavera sofro muito Cláudia... é falta de sol, é frio, é chuva. Não precisas de ter inveja de mim, ok? Então na minha cidade de Tondela (Viseu), mais no norte, pior ainda.

Só me apetece ficar como os gatos... enrolada e quietinha!

:)

beijinho grande