Friday, September 01, 2006

Despertando odaliscas adormecidas

Descobri mais algumas obras muito interessantes. Esta ao lado é um Delacroix, que assim como Matisse produziu uma grande variedade de odaliscas... Picasso também se rendeu aos encantos dessas mulheres que, ao contrário do que se apresenta nas telas, mais velavam do que mostravam o próprio corpo.
O poder de sedução das odaliscas ainda me parece muito presente, mas talvez por razões diferentes. A ousadia que antes marcava estas figuras misteriosas hoje chega a ser ingênua. Uma sensualidade sutil e bela... Uma lembrança amarelada do Sagrado Feminino.
A maior parte dos quadros, que retratam odaliscas, apresenta uma mulher envolta parcialmente em véus ou totalmente nua, deitada ou recostada em uma cama ou divã. Invariavelmente ela está coberta de jóias, pintada, com longos cabelos enfeitados, dormindo ou em pose de quem acabou de despertar. Sem dúvida, diria minha amiga Zoe, são sereias.

1 comment:

Menkaiká said...

oi querida, vim visitar e deixar um beijo.
Tati